O QUE FAZ UM HOMEOPATA E QUAIS DOENÇAS ELE TRATA?


A homeopatia é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) desde 1980. Por meio dessa especialidade é possível tratar diversas doenças — desde as alergias respiratórias até problemas emocionais.


Como é a formação em homeopatia?

O curso de especialização ou residência médica tem duração de 2 anos e é uma formação suplementar à faculdade. Ou seja, é realizada após o término do curso de graduação. Podem se especializar nessa área apenas médicos, odontologistas, veterinários e farmacêuticos, sendo ilegal o exercício dessa prática por qualquer outro profissional que não se enquadre nessas formações. No entanto, apenas o médico pode praticar a parte clínica da homeopatia, cabendo aos odontologistas exclusivamente as questões em odontologia e aos farmacêuticos apenas a questão de produção da medicação.

O conceito fundamental da homeopatia é tratar o paciente como um todo de forma individualizada, e não a doença. Assim, é procedimento de rotina que as consultas homeopáticas sejam extensas e detalhadas. Além dos sintomas, o especialista também terá interesse em saber sobre outros aspectos da vida que podem estar associados com o problema, como as relações interpessoais, o dia a dia no trabalho e os hábitos alimentares.


Quais doenças são tratadas pela homeopatia?

A gama de doenças passíveis de tratamento com essa abordagem é bastante ampla. Mas, essa especialidade desenvolveu uma espécie de tradição no tratamento de algumas condições em especial.

Por isso, é bem comum a busca da homeopatia para o tratamento de:


Doenças respiratórias

As rinites alérgicas e demais doenças relacionadas — como bronquite, sinusite e asma — têm sido grandes alvos dessa ciência há décadas. Esse método terapêutico equilibra o organismo, balanceando a reação aos fatores alérgenos. Isso diminui o número de crises e o aparecimento das demais doenças ligadas à alergia.


Problemas emocionais

Estresse, ansiedade, síndrome do pânico e outras condições psicoemocionais também podem ser abordadas por meio da homeopatia. Para esse ramo da medicina, esses problemas são apenas sintomas de questões mais profundas.


Problemas gastrointestinais

Prisões de ventre ou episódios muito frequentes de diarreia, gastrites, úlceras e outros problemas gastrointestinais costumam ter relação com o emocional e com o estresse. A homeopatia auxilia na gestão dessas emoções, equilibrando também a parte digestiva.


Disfunções na tireoide

Nos casos de hipo ou hipertireoidismo, a abordagem pode entrar como um coadjuvante no tratamento. Em alguns casos pode haver diminuição da medicação convencional mas somente após um acompanhamento em conjunto com as demais especialidades.


Sobrepeso e obesidade

Muitos casos de sobrepeso e obesidade têm uma causa emocional, mas também compulsiva. A homeopatia ajuda a diminuir a ansiedade causada pela dependência à comida, tornando mais fácil a adoção de uma dieta saudável e a construção de uma nova relação com os alimentos. Lembrando que não há medicamentos homeopáticos que ajam diretamente na perda de peso.

A homeopatia é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) desde 1980. Por meio dessa especialidade é possível tratar diversas doenças — desde as alergias respiratórias até problemas emocionais.

Homeopatia é solução para tudo?

Como o método age sobre as causas dos problemas — e não sobre os sintomas —, é comum que se passem semanas antes que o paciente perceba alguma diferença. Porém o início da ação do medicamento é imediata. A homeopatia é usada em muitos casos agudos de algumas doenças mas sempre deve ser avaliada a necessidade de acrescentar alguma medicação convencional com o médico homeopata. Há estudos de tratamento homeopático para dengue, caxumba, H1N1 e outras doenças endêmicas com sucesso.

Ao contrário do que muita gente pensa, homeopatia e alopatia não são inimigas no tratamento — elas podem ser usadas em conjunto. A grande vantagem da homeopatia é que ela trata a causa dos sintomas mantendo o organismo sempre com sua imunidade ativa e é livre de efeitos colaterais.

Para mais informações ou para agendar sua consulta, entre em contato com a unidade da ACESSO SAÚDE SÃO BERNARDO DO CAMPO - Rua Marechal Deodoro, 307 - Centro Tel. (11) 4121-9000

#ginecologia #mioma #embolização #TomasSmithHoward #Endocrinologia #Metabologia #Ginecologia #Obstetrícia

Posts Em Destaque